• FreeFood

Veganismo, você realmente sabe o que é?

Muitas pessoas quando optam pelo estilo de vida vegano são muito criticadas, mas grande parte desse “preconceito” está no fato de poucos saberem realmente o que é o veganismo.



O que é o veganismo?


Segundo a Vegan Society, a mais antiga sociedade vegana do mundo, o veganismo é uma forma de viver que busca excluir, na medida do possível e do praticável, todas as formas de exploração e de crueldade contra animais, seja para a alimentação, para o vestuário ou para qualquer outra finalidade.


Na alimentação deixa-se de lado carnes, ovos, leite e mel, por exemplo, pela motivação de reduzir os impactos ambientais, a exploração animal e melhorar a saúde.


O número de veganos vem crescendo exponencialmente no mundo todo, estima-se que entre 4 e 7 milhões de brasileiros são ou estão em transição para se tornar vegano, dentre eles muitos famosos.


A transição para o estilo de vida vegano deve ser feita de forma cuidadosa e gradual, afinal estamos inseridos em uma cultura onde predomina o consumo de produtos de origem animal e por isso não é fácil mudar de uma hora para outra.


Apesar de o veganismo não estar relacionado apenas à alimentação, é justamente na mesa que existem as maiores preocupações quanto a essa escolha.


Isso porque acredita-se que para que nosso corpo absorva todos os nutrientes necessários é preciso que haja o consumo de leite, carnes e ovos. Porém isso não é verdade, porque legumes, frutas, verduras e leguminosas também são excelentes fontes de cálcio, ferro e proteínas.


Benefícios da dieta vegana


Segundo a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) o veganismo traz vários benefícios a saúde como:


  • previne doenças crônico-degenerativas, como Alzheimer e Parkinson,

  • diminui riscos de doenças cardiovasculares

  • reduz o desenvolvimento de diabetes

  • abaixa a possibilidade de obesidade

  • diminui riscos de doenças oculares

  • reduz doenças renais

  • abaixa os riscos de câncer

  • auxilia na recuperação muscular e performance em exercícios


Riscos da mudança alimentar


Vale ressaltar que essa mudança no estilo, principalmente na alimentação, só não será prejudicial se for feita de forma correta, preferencialmente com ajuda de um especialista.


Caso contrário pode causar vários problemas à saúde como:


  • desenvolvimento de distúrbios alimentares e psicológicos

  • anemia

  • bulimia

  • aumento de peso

  • gordura no fígado

  • diabetes

  • prisão de ventre

  • desnutrição

  • osteoporose

Como começar a transição?


Se você se identifica com os valores defendidos no veganismo, mas ainda tem medo de se arriscar, aí vão 5 dicas para começar:

  1. Procure um profissional especializado em nutrição para que sua transição seja feita de maneira correta;

  2. Vá na sua geladeira e dispensa e se desfaça de tudo que for de origem animal, você vai perceber que as possibilidades que restam são enormes;

  3. Estude os alimentos e entenda quais são as substituições corretas, não fique só no “achismo”;

  4. Aprenda a cozinhar e use sua criatividade para fazer receitas saudáveis e saborosas;

  5. Converse com pessoas que já passaram pela transição e aprenda com elas.

Agora que você já sabe mais sobre o que está envolvido nessa mudança de estilo de vida, já está pronto para fazer suas escolhas.


Quer aprender a fazer comidinhas veganas? Então nos acompanhe nas redes sociais FreedFood.